Pedido de devolução de taxas do DetranRS pode ser feito pelo site

Publicação: 13/10/2021 às 15h56min

Ilustração de símbolos de dinheiro sobre uma mão em concha. Texto: DEVOLUÇÃO DE TAXAS DO DETRANRS. Receba mais rápido solicitando pela Central de Serviços.

Na maioria dos casos, em menos de cinco dias o titular recebe o crédito

Uma transferência que não se concretizou, uma segunda via de CNH que não é mais necessária, um pagamento em duplicidade. A devolução de taxas de habilitação e veículos pode ser solicitada pelo site do DetranRS. O pedido de restituição via Central de Serviços, além de evitar a movimentação de papéis e deslocamento até os Correios, é muito mais rápido. Na maioria dos casos, em menos de cinco dias o titular recebe o crédito em conta corrente ou ordem de pagamento. Para pedidos encaminhados em papel, o processo para a devolução pode levar mais de 30 dias.

Para solicitar a restituição pelo site, o titular da taxa (CPF que pagou) deve fazer cadastro/login na Central de Serviços do DetranRS com a senha gov.br. Após logado, na seção “Minha Habilitação” ou “Veículos” basta clicar no botão “Devolução de Valores”. As taxas não utilizadas e não prescritas estarão disponíveis para pedir a restituição. O aviso de crédito ou indeferimento chegará no e-mail cadastrado assim que concluídos os trâmites. O passo a passo para entrar na Central de Serviços está em https://pcsdetran.rs.gov.br/.

Caso o titular das taxas seja uma empresa, o representante devidamente autorizado na Central de Serviços deve fazer o login e acessar a área do CNPJ. Antes, será necessário ativar perfil (eCNPJ) na Central de Serviços Detran e indicar um ou mais Usuários (CPF) para acessar os serviços.

O serviço digital para taxas de veículos vale para aquelas que estejam vinculadas a um CPF/CNPJ e pagas após 01/01/2020. Qualquer restituição virtual, seja de taxa de habilitação ou veículo, só poderá ser realizada em favor do titular do serviço para o qual as taxas foram pagas, ou seja, o CPF ou CNPJ logados.

Para outros casos em que não é possível solicitar a restituição de forma virtual (pagamento com erro de digitação de código de barras, multas, remoção e depósito), acesse https://www.detran.rs.gov.br/restituicao-de-valores e veja as orientações para envio de documentação.

 

 

Fonte: https://www.detran.rs.gov.br/pedido-de-devolucao-de-taxas-do-detranrs-pode-ser-feito-pelo-site

Pagamentos de serviços do DetranRS só podem ser feitos no Santander até dia 21

Publicação: 08/10/2021 às 15h06min

Card que traz o texto: pagamentos de serviços do DetranRS só podem ser feitos no Santander até dia 21

A partir de 22 de outubro, não será mais possível realizar nenhum pagamento destinado ao DetranRS pelo banco

O DetranRS informa que vence no próximo dia 21 o contrato com o banco Santander para recolhimentos de taxas, multas, valores de licenciamento de veículos e guias de arrecadação em geral. Sendo assim, a partir de 22 de outubro, não será mais possível realizar nenhum pagamento destinado ao DetranRS pelo banco, que deixará de ser conveniado.

Caso a empresa encaminhe a documentação para renovação do contrato, essa situação será revertida e amplamente divulgada.

 

Fonte: https://www.detran.rs.gov.br/pagamentos-de-servicos-do-detranrs-so-podem-ser-feitos-no-santander-ate-dia-21

DetranRS vai abrir turmas extras para provas práticas

Publicação: 05/10/2021 às 14h17min

Exame Pratico

As turmas extras de exames práticos atenderão exclusivamente os candidatos com provas canceladas nas últimas segundas-feiras

Trabalhando para reverter o impacto nos serviços de habilitação por conta de sucessivos feriados e interrupção de atendimentos nas últimas segundas-feiras, o DetranRS informa que vai disponibilizar turmas extras para aplicação de exames práticos de direção. As vagas destinam-se exclusivamente para os candidatos que tiveram provas canceladas nos dias 06, 20 e 27/09 e 04/10.

A Autarquia orienta esses candidatos em processo de habilitação que tiveram o exame cancelado a procurarem seu Centro de Formação de Condutores a partir de sexta-feira, dia 08, para remarcar a prova, sem taxa adicional.  Deverão ser observadas datas e horários disponibilizados, uma vez que serão abertas turmas em dias diferentes das regulares (segundas-feiras).

 

Fonte: https://www.detran.rs.gov.br/detranrs-vai-abrir-turmas-extras-para-provas-praticas

Com foco em um mundo em constantes mudanças, primeira edição da revista da Escola Pública de Trânsito é lançada

Publicação: 30/09/2021 às 10h51min

Revista Escola DetranRS: Educação, trânsito e mobilidade em um mundo em constantes mudanças

A primeira edição da Revista Escola DetranRS já está no ar no portal escola.detran.rs.gov.br

Com a temática “educação, trânsito e mobilidade num mundo em constantes mudanças”, a primeira edição da Revista Escola DetranRS já está no ar, em formato virtual. A iniciativa é da Escola Pública de Trânsito da Autarquia, que lançou em junho um edital para receber produções do público em geral, que foram analisadas e selecionadas durante mais de três meses por uma equipe multidisciplinar. O lançamento da publicação faz parte da programação do DetranRS para a Semana Nacional de Trânsito de 2021.

O conteúdo da revista é dividido em três categorias: opinião, destaques e artigos. Na seção de opinião, foram selecionados os textos “Vidas no trânsito importam”, de J. Pedro Corrêa, “A avaliação psicológica e a educação emocional para o trânsito, de Maria de Lurdes Sebben, e “Mobilidade como serviço, (MAAS) que ideia é essa?”, de Rodrigo Vargas de Souza. Em “Destaques”, as produções escolhidas foram “Cuidado com os entregadores – motoboys”, de autoria de Kauane França Vanz, Edson Girardi e André Ribeiros dos Santos Costa, e “Projeto ‘Um dia de agente da EPTC’”, de Paulo Roberto Ramires, Giovana Albo Hess, Diego da Silva Marques, Denis Andrade Pereira e Aldo Borges. Já a parte de artigos conta com as produções “Percepção de motoristas sobre programas de educação para o trânsito veiculados no rádio”, de Ingrid Neto e Regina Faria, “História do sistema rodoviário brasileiro”, de Elmir Schneider, e “Direção distraída: o risco do uso do celular na condução de veículos”, de Aurinez Schmitz, Emanuelle Silveira, Adriana Parreiras, Simone Amancio, Lilian Rezende e Wanderley da Silva.

A revista conta também com um editorial da diretora institucional Diza Gonzaga, com o título "A Vida não pode esperar". Os demais diretores do DetranRS assinam os seguintes textos na seção inicial: "Podemos ser a mudança que queremos ver", de Enio Bacci (diretor-geral); "O trânsito em um mundo que está em transformação", de Marcelo Soletti (diretor-geral adjunto); "Educação no trânsito para o novo mundo", de Fábio Santos (diretor técnico); e "Mobilidade urbana - nossa capacidade de locomoção", de Inajara Rosa (diretora administrativa e financeira). 

Para a editora-chefe da revista, Carla Badaraco Guglielmi, que também dirige a Escola Pública de Trânsito, “o material recebido para a composição desta primeira edição destaca-se pela alta qualidade e proporciona que a revista transite em uma esfera ampla de subtemas relacionados a trânsito e mobilidade, possibilitando aos leitores a valiosa oportunidade de adquirir conhecimentos e refletir sobre as questões ali abordadas”.

A revista terá periodicidade semestral, e um novo edital com as diretrizes para o recebimento de textos para a segunda edição está previsto para as próximas semanas. A recomendação do DetranRS é que os interessados se mantenham informados pelo portal da Escola (escola.detran.rs.gov.br) e pelo site da Autarquia (www.detran.rs.gov.br).

Acesse a primeira edição da revista pelo link abaixo.

Revista Escola DetranRS - 1ª edição

A Semana Nacional do Trânsito ocorre até sábado dia 25, neste ano, o tema da campanha é "No trânsito, sua responsabilidade salva vidas". 
Para conscientizar a população sobre a importância do respeito às regras de trânsito, as Diretoras de Ensino do CFC Soloscar, juntamente com suas equipes, estarão em alguns pontos conscientizando  motoristas, ciclistas, pedestres e motociclistas. 
Para Simone Rodrigues, Diretora de Ensino da unidade Sarandi, “a luta pela vida no trânsito é feita diariamente, portanto a mobilização deve ser contínua, não somente na semana nacional, sendo que o trânsito é um espaço de convivência que faz parte do nosso dia a dia, necessitando harmonização e conscientização de suas regras de segurança”.

Caxias possui muitas colisões com objetos fixos, Gravataí registra a maioria dos acidentes em rodovias, Pelotas se destaca pelos acidentes com motociclistas, especialmente jovens. Em Rio Grande, o maior problema são os acidentes com pedestres idosos, e em Novo Hamburgo, os acidentes em vias municipais no turno da noite. Os dados são de um levantamento inédito do DetranRS divulgado nessa Semana Nacional de Trânsito, incluindo pela primeira vez os acidentes de trânsito com lesão corporal e com danos materiais, além dos acidentes fatais, que já eram analisados pela Autarquia. A base de dados é o Sistema Consultas Integradas, da Secretaria de Segurança Pública.

Os diagnósticos do DetranRS visam subsidiar as prefeituras para atuar com mais precisão nos problemas específicos de cada localidade. Em um primeiro momento, foram realizados estudos dos 34 municípios que integram o Gabinete de Gestão Integrada da Região Metropolitana de Porto Alegre – GGIM POA –, dentro do programa RS Seguro, do Governo do Estado, e outros 16 com alto índice de acidentalidade, totalizando os 50+. Essa amostra representa 63% da frota registrada no Estado e concentra 51,8% dos acidentes fatais entre 2010 e 2019. Porto Alegre, embora entre nos 50+, não teve os dados analisados, pois já conta com um diagnóstico qualificado realizado pela EPTC e pela equipe do Programa Vida no Trânsito.

Foram analisados todos os 8.708 acidentes fatais no período de 2010 a 2019, além de um total de 62.648 acidentes com lesão e 134.317 ocorrências com danos materiais dos últimos três anos. Os diagnósticos individualizados dos 50 municípios foram encaminhados às Secretarias de Trânsito das prefeituras, oferecendo assessoria para a avaliação dos dados e desenvolvimento de intervenções de engenharia, educação ou fiscalização.

Os municípios podem também solicitar ao DetranRS e à Secretaria Estadual de Saúde a inclusão no Programa Vida no Trânsito, iniciativa brasileira voltada para a vigilância e prevenção de lesões e mortes no trânsito e promoção da saúde, em resposta aos desafios da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Década de Ações pela Segurança no Trânsito. O programa, que analisa minuciosamente a acidentalidade nas localidades e propõe soluções específicas, trouxe ótimos resultados em Porto Alegre e deve ser estendido para outros municípios do Estado.

O diretor-geral do DetranRS Enio Bacci reforça o convite para os municípios analisarem os diagnósticos realizados e coloca o DetranRS à disposição para, em parceria com as equipes locais, desenvolver ações mais efetivas de prevenção da acidentalidade.

 

Fonte: https://www.detran.rs.gov.br/levantamento-inedito-mapeia-riscos-dos-acidentes-de-transito-nos-municipios

A Secretaria da Segurança Pública divulgou nesta sexta-feira (10) os indicadores criminais do RS referentes ao mês de agosto. O que melhor demonstra a queda persistente dos crimes patrimoniais é o roubo de veículos, que pelo segundo mês consecutivo bateu o recorde da menor marca já verificada para um período de 30 dias desde que teve início a contabilização desse tipo de delito, há 19 anos. Com apenas 314 casos em todo o Estado, agosto conseguiu superar o mínimo anterior, que havia sido atingido em julho, com 324 ocorrências.

Entre os principais fatores para essas quedas recorde, estão a ampliação do uso de videomonitoramento e cercamento eletrônico, que dão maior agilidade na identificação de veículos objeto de roubo para consequente prisão dos assaltantes, bem como o combate ao mercado ilegal de peças automotivas por meio da Operação Desmanche, que em agosto realizou sua 99ª edição. Lançado no início do ano pelo Departamento Estadual de Trânsito, o site Peça Legal (detran.rs.gov.br/peca-legal) também colabora para encolher o comércio ilícito de peças ao disponibilizar para consulta na internet o catálogo com mais de 8 milhões de itens nos quase 500 Centros de Desmanche Veicular (CDVs) cadastrados em todo o RS.

graficos em linha comparação 2020 e 2021

O resultado também representa queda de 41,3% frente aos 535 roubos de veículos registrados em agosto do ano passado. Na comparação com o pico de ocorrências, quando 1.943 motoristas tiveram seus veículos levados por assaltantes no oitavo mês de 2015, a retração chega a 83,8%.

graficos em linha comparação 2020 e 2021

No acumulado de janeiro a agosto, a comparação com o mesmo intervalo de 2020 mostra uma queda de 44,6%, passando de 6.039 casos para 3.345, o que significa 2,6 mil roubos de veículos a menos. A marca é também o menor total da série histórica desde o seu início, em 2002.

graficos em linha comparação 2020 e 2021

Indicador de acompanhamento permanente pela GESeg nos 23 municípios priorizados pelo RS Seguro, o roubo de veículos também evidencia o impacto da estratégica de foco territorial. Dos 221 casos a menos em todo o Estado na comparação entre agosto deste ano e do anterior, 120 deixaram de ocorrer em Porto Alegre, o que significa que a cidade foi, sozinha, responsável por mais da metade da redução verificada. Em 2020, foram 227 casos contra 107 neste ano (-52,9%).

Card indicadores - Roubo de veículos em Porto Alegre em agosto

Assim como no resultado mensal, a Capital também atingiu o menor total de roubos de veículos para a série histórica do acumulado entre janeiro e agosto. A soma caiu de 2.559 ocorrências no período em 2020 para 1.298 neste ano, uma retração de 49,3%.

Card indicadores - Roubo de veículos na Capital de janeiro a agosto

 

Fonte:  https://www.detran.rs.gov.br/estado-atinge-novo-recorde-na-reducao-de-roubo-de-veiculos-em-agosto

Estão abertas as inscrições para o curso Falando sobre Trânsito e Educação, da Escola Pública de Trânsito do DetranRS. Oferecida para todos os públicos, a formação possui 20 horas/aula e é totalmente online, gratuita e com certificação ao final.

 

Nas aulas, serão abordados conceitos básicos sobre trânsito e educação, buscando aprofundar as questões referentes à articulação do tema com o currículo escolar. 

 

O curso também expõe a  importância da legislação e apresenta diversas ações educativas executadas pelos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito (SNT) e de outras instituições públicas ou privadas, que buscam contribuir com a reflexão e a prática da convivência solidária e segura nos espaços públicos por onde as pessoas transitam diariamente.

 

As inscrições são feitas no Portal da Escola Pública de Trânsito (escola.detran.rs.gov.br), acessando o menu “Nossos Cursos” e clicando em “Quero me inscrever”. Você será redirecionado a página do Ambiente Virtual de Aprendizagem, no qual deverá fazer seu login ou criar uma conta (caso ainda não tenha). 
Em caso de dúvidas e informações, entrar em contato pelo email:  cursos-escola@detran.rs.gov.br

 

Fonte:  https://www.detran.rs.gov.br/curso-gratuito-orienta-a-integrar-educacao-para-o-transito-no-curriculo-escolar